XXIII Semana Farmacêutica de Ciência e Tecnologia que ocorre simultaneamente a LIII da Semana Universitária Paulista de Farmácia e Bioquímica

Período: 22 a 26 de outubro de 2018

 

Entre os dias 22 e 26 de outubro de 2018, a Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF) da USP, juntamente com o Centro Acadêmico de Farmácia e Bioquímica promoverão a XXIII Semana Farmacêutica de Ciência e Tecnologia que ocorre simultaneamente a LIII edição da Semana Universitária Paulista de Farmácia e Bioquímica (LIII SUPFAB).

 

Estes eventos visam a ampla divulgação e discussão dos trabalhos de pesquisa desenvolvidos pelos Pós-Graduandos, Pós-Doutorandos e alunos de Iniciação Científica, bem como a discussão de temas de pesquisas relevantes em ciências farmacêuticas por conceituados pesquisadores nacionais e internacionais.

 

No ano de 2018 a FCF/USP completa 120 anos e, portanto, estes dois eventos terão como um dos objetivos a celebração deste aniversário de importância história às ciências farmacêuticas do Brasil e do Mundo.

 

Comissão Organizadora:

Prof. Assoc. Joilson de Oliveira Martins

Prof. Dr. João Paulo Fabi

Representantes discentes:

 

Jornada Científica dos Acadêmicos de Farmácia e Bioquímica (JCAFB) da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo (FCF-USP)

Período: mês de Janeiro/2018

 

A Jornada Científica dos Acadêmicos de Farmácia e Bioquímica (JCAFB) da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo (FCF-USP) é um projeto de extensão universitária que se caracteriza pela prestação de serviços voluntários de assistência farmacêutica à comunidade de uma cidade carente, que visa à melhoria das condições de vida da mesma, buscando soluções locais e criando “multiplicadores de conhecimento”. Além disso, o projeto proporciona aos alunos participantes aprendizado científico, humanitário e social, devido ao contato estreito com uma realidade cultural e socioeconômica diferente.

A JCAFB foi idealizada por alunos e professores da FCF-USP em 1964, e a primeira expedição ocorreu em 1966, na cidade de Peruíbe-SP. Seguiu então rumo ao interior paulista e à região Sul de Minas Gerais, até o final da década de 1970, momento em que ela foi interrompida devido ao crescimento das atividades do Projeto Rondon. Em 2003 alguns acadêmicos, em conjunto com professores, retomaram a Jornada com um molde semelhante ao anterior. O projeto acontece no mês de Janeiro, em um período de 21 dias.

A cada ano o Projeto é organizado por uma coordenação discente formada por 9 graduandos da FCF-USP, além de contar com o apoio de docentes orientadoras, a Profa. Dra. Primavera Borelli, Profa. Dra. Sabrina Epiphanio e Profa. Dra Jeanine Vargas, além de uma farmacêutica responsável, Alice Serpentino, a qual emite o laudo dos exames. Já a equipe acadêmica que efetivamente vai para a Jornada é formada por cerca de 50 estudantes do curso de Farmácia e Bioquímica da Universidade de São Paulo. Todos estes participantes são voluntários de diferentes anos de ingresso na faculdade, os quais são selecionados por meio de uma prova, depois de passarem por treinamentos de capacitação. Entre esses alunos são formados dois grupos principais: o grupo de trabalho de campo e o de análises clínicas.

A equipe de trabalho de campo visita as famílias selecionadas, distribuindo os coletores universais para a coleta de fezes e passando orientações sobre hábitos saudáveis de vida e alimentares, uso correto de medicamentos e parasitoses, neste último caso enfatizando a profilaxia. Os jornadeiros de análises clínicas, por sua vez, são aqueles que montam um laboratório na cidade para a preparação e leitura das amostras de fezes, urina e sangue trazidas pela equipe de campo.

Campanhas são fornecidas para detecção de anemia, nas crianças e idosos participantes do projeto, e campanhas de DHC (diabetes, hipertensão e colesterol) para toda a população. Além disso, é realizada a análise microbiológica da água, visto que esse é um importante veículo de enfermidades diarreicas de natureza infecciosa.

A Jornada Científica realiza ainda atividades educacionais que visam à promoção da saúde. São criados grupos de atividades que trabalham com crianças, idosos e adolescentes, além de realizar a capacitação dos agentes comunitários de saúde. Todos os dados são passados para a Prefeitura local e divulgados para a população para que, juntos, proponham estratégias e construam soluções para a melhoria da qualidade de vida na cidade.

 

Em 2016, foram agregados também quatro residentes da veterinária do Hospital Veterinário da USP. Estes realizaram atendimento veterinário emergencial, além de vermifugar e vacinar diversos cães e gatos durante os 20 dias em que a Jornada Científica esteve em Santa Cruz da Esperança-SP. Isso mostrou ótimos resultados e agregou benefícios ao projeto, visto que a saúde é algo multifatorial, e a saúde animal também é questão de saúde pública, estando altamente relacionada com a saúde e bem estar do ser humano.

Para a Jornada em 2017, teve início um novo ciclo de atendimento em uma nova cidade (Triunfo, SP), prosseguindo com nosso objetivo de conscientizar comunidades e estimulá-las a encontrar soluções para a própria realidade.

 

Contato: jcafb.usp@gmail.com

Rede Social: https://m.facebook.com/jornadacientifica.usp/

 

 

 

 

Comissão Organizadora

Prof. Dr. Adalberto Pessoa Junior       -   Marcelo Sylvestre       -   Everton Medeiros de Jesus